segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Constelação


... e como eu queria

que nunca adormecesse

o brilho nos teus olhos.

8 comentários:

  1. e como eu queria que nunca adormecesse o brilho nos teus olhos [2]

    ResponderExcluir
  2. É, a gente sempre quer o impossível.
    Mas tudo acaba. Tudo adormece. Tudo...

    ResponderExcluir
  3. e como eu queria

    que nunca tivesse adormecido

    o brilho nos meus olhos, por ela...

    ResponderExcluir
  4. Oiiii querido! :)
    Peco mil e uma desculpas por só estar respondendo teu recadinho agora, tive com uns probleminhas na net,mas gracas a Deus foram resolvidos e cá estou! rs
    Mt obg pelo carinho da visita!!!! Teu blog é um vazinho de delicadezas que brotam... parabens!

    Uma semana feliz pra vc e milhoes de sorrisos espalhados por ai!

    ResponderExcluir

"Não me venha com mais infância"

De todas as infâncias aqui vividas, aqui postadas, aqui lembradas, eu não quero mais lembranças de uma infância. Seja sempre criança, não me venha com infância, infância é coisa de quem já envelheceu. Envelhecer é coisa de coração que vai morrer. Não me fale de infância, aqui somos eternamente esses olhos encantados.