quinta-feira, 19 de março de 2009

Inverno

dizem as más borboletas, que será inverno
sem terem pra onde ir
as pobres flores

clamam a terra que as proteja
enquanto a poeira sussurra sagaz
arrastada pelo vento

de flor em flor

desmentindo que o chão
pudesse as segurar.

e cada pétala de esperança

murcha
engolindo a noite fria

10 comentários:

  1. eu gosto do inverno *-* acho que é uma das coisas mais maravilhosas que existem.
    muito melhor que o verão, o calor, o que for, o inverno é totalmente sem comparação de tão bom *-*

    "as pobres flores
    clamam a terra que as proteja
    enquanto a poeira sussurra sagaz
    arrastada pelo vento
    de flor em flor
    desmentindo que o chão
    pudesse as segurar." *--* eu simplesmente gosto do que escreves.

    ResponderExcluir
  2. Gosto do inverno.
    E amei o seu poema. Você escreve muito bem... Suas palavras trazem um certo encanto.

    ResponderExcluir
  3. Sempre procuro em teus versos o sentido real da escrita.

    Mestre Quintana dizia assim:

    "O leitor que mais admiro é aquele que não chegou até a presente linha. Neste momento já interrompeu a leitura e está continuando a viagem por conta própria."

    Mas para que haja leitores assim, precisamos de escritas que proporcionem tal viagem. Enquadro teus versos nestas!

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. "Pétala de esperança"
    Ah! Quantas e quantas... pingando por ai...


    Beijo Grande!
    Gosto muito de ler-te

    ResponderExcluir
  6. que profundo seu poema.. rs!
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Como é bom ler um poema belo como este!
    Inspirador.

    beijos :*

    ResponderExcluir
  9. "a coisa ta mais em você com você do que com você com o mundo"
    realmente, a coisa ta mais comigo mesma. O problema é que eu sempre acho que o mundo ta com raiva de mim, mesmo sabendo que ele nao ta, e todo mundo fura fila e entra na minha frente :) entao eu só fico de saco cheio e fico me fazendo perguntas sem respostas o tempo todo :)

    ResponderExcluir

"Não me venha com mais infância"

De todas as infâncias aqui vividas, aqui postadas, aqui lembradas, eu não quero mais lembranças de uma infância. Seja sempre criança, não me venha com infância, infância é coisa de quem já envelheceu. Envelhecer é coisa de coração que vai morrer. Não me fale de infância, aqui somos eternamente esses olhos encantados.